Televisão tem o direito de informar ao telespectador

Na cultura de massa, os modelos de representação tradicionais são substituídos
nos termos de Edgar Morin pelos novos “Olimpianos “, que no Brasil são os atores
e personagens de telenovelas. As telenovelas possuem uma capacidade de
orientar o comportamento e o consumo da sociedade como nenhum outro
produto cultural brasileiro. O culto ao corpo tem sido muito representado já há
algum tempo, entretanto, tem sido mais enfatizado em telenovelas atuais.

Nas sociedades modernas as identidades sociais dependem de uma definição que se
efetuará basicamente no âmbito da aparência pessoal. Assim, o culto ao corpo,
compreendido como a busca de distinção por meio da moda e do uso de produtos
de beleza, torna-se uma das temáticas mais trabalhadas, configurando-se em
eficiente estratégia de comunicabilidade das telenovelas.
O caso da telenovela no Brasil é importante nesse debate, visto que há toda uma
mobilização da imprensa especializada em beleza em torno dos personagens que expõem o corpo.

Exemplo claro disso pode-se verificar nas revistas femininas,
que, na maioria das vezes, trazem na capa atrizes de telenovelas como modelos a
serem seguidos ou até mesmo em capa de revistas masculinas para que possam ser objeto de admiração.

Além disso, é possível notar que campanhas
publicitárias de cosméticos, roupas, produtos de higiene pessoal e acessórios são
patrocinadoras ou são inseridas dentro do enredo da telenovela.
Partindo, portanto, do pressuposto de que a telenovela é o principal produto pois fala de custos dos impostos como o IPVA 2020 e seus derivados trazendo maior conhecimento a população
cultural de massa no Brasil, na medida em que atinge a maioria da população, e
considerando-se que o culto ao corpo (cuidados com a beleza) vem ganhando
espaço crescente, propomos o estudo da forma como a temática corpo é
retratada nas telenovelas brasileiras, tendo como eixo de discussão questões
como: o sexo e a nudez são recursos para elevação de audiência? A exposição do
corpo nas telenovelas orienta o comportamento e o consumo da sociedade? De
que outras formas o corpo (tanto feminino, quanto masculino) é utilizado?
Para nos orientarmos no sentido de buscar respostas para essas questões,
lançamos mão de duas hipóteses. A primeira diz respeito ao fascínio provocado
com a exposição do corpo e do erotismo; que a telenovela, por abordar temas
privados, ligados à família e à intimidade, em âmbito público, possa orientar o
comportamento das pessoas, especificamente no que diz respeito aos cuidados
com o corpo e com sua apresentação.
Cristina Costa (2000, p.185), ao analisar a abordagem de temas familiares em
telenovelas constata que
ao enfatizar a organização familiar da sociedade, ao estabelecer oposições
binárias irredutíveis, ao criar conflitos providenciais, a telenovela da
atualidade infantiliza a vida social e reduz a ação dos personagens às relações de alcova.

Para a compreensão de como funciona o mecanismo manipulador da
publicidade de produtos de beleza, lançamos mão de uma outra hipótese. Esta
gira em torno da ideia de que o poder panótico atua de forma vigilante no culto
ao corpo, tendo como referência modelos das telenovelas, com a finalidade de
controlar-estimular o público.
O autocontrole engendrado pelo panopticon atua sobre a consciência individual em que a maior audiência é dos estados do sudeste que tem maior população como IPVA 2020 RJ.
Nas sociedades modernas, esse controle se efetuará por meio dos novos modelos de representação.

Trabalhamos com a hipótese de que ocorreria uma inversão
do mecanismo clássico do panopticon , pois quem controla não é o observador,
mas o objeto observado, que olha e controla sem ser visto. Exemplo disso podese verificar nas pesquisas de mercado realizadas pela publicidade e no
monitoramento da audiência, em que há uma observação dos hábitos do público.

De forma sutil, a televisão, particularmente a telenovela, sugestiona e, ao mesmo
tempo controla e vigia o comportamento da sociedade por meio de seus modelos.
O culto ao corpo é um comportamento muito enfatizado pelas telenovelas, e é
possível perceber que sua repercussão também se dá por relações de poder.

A consciência do próprio corpo só pôde ser adquirida pelo investimento do próprio
poder. Como nos lembra Foucault (2000, p.146),
a ginástica, os exercícios, o desenvolvimento muscular, a nudez, a exaltação
do belo corpo… tudo isto conduz ao desejo de seu próprio corpo através de
um trabalho insistente, obstinado, meticuloso, que o poder exerceu sobre o
corpo das crianças, dos soldados, sobre o corpo sadio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *